Minha Calça Pijama VIROU… Pantacour :)

Depois de lavar… As calças pijama encolheram e a solução foi tirar na barra e transformar. Então… Minha calça pijama virou PANTACOUR! Boa ideia para uma matéria, certo? Vamos falar de Verão 2018.

A característica da modelagem da pantacour é o gancho mais folgado. Não longo, mas mais largo o que implica em aumento na curvatura do mesmo. Na modelagem da calça pijama mostro como criar um efeito leve. Calças com tecidos mais firmes pedem um gancho mais solto nas costas. Para o sirê e outros tecidos mais grossos e secos, acrescentar 6cm no gancho costa e 3cm na frente (a calça pijama acrescentei mesmo valor 3cm frente e costa).

 

Além da pantacour, o verão 2018 traz algumas outras peças que achei interessante colocar aqui para vocês. Vamos a elas: A saia com babado godê e a transparência total com peças avulsas usadas como forro dentre outras.

 

A saia reta com babado godê sem franzido é uma delas. Porque a escolhi? Porque na apostila 2 de malha tem o esquema passo a passo já que nos anos 80 e 90 ela foi uma estrela de sucesso.

Fica perfeita em malha e o elástico é liso, sem franzido, o que gosto muito.

 

 

 

 

Peças Transparentes Blusas, vestidos, saias, calças…  e tendo por baixo, uma outra peça avulsa e não o forro normalmente usado.

A foto ao lado ilustra bem este jeito 2018 de usar transparências.

 

 

 

 

Listras em todas as peças; seja tecido ou malha. Listras mais largas, finas, coloridas, tons fortes ou pastéis.

O vestido longo reto, a calça pantacour ou reta, o macacão, a saia reta… O blazer de verão… Listra vai bem em tudo!

 

 

Olha só a pantacour com a ciganinha! Um conjunto jovem e que transmite frescor… Ideal para os dias quentes do verão.

 

 

 

 

 

O xadrez é outro ponto que não se pode esquecer se quiser ficar antenada nesta estação.

Vai bem em todas as modelagens, cores e combinando com rendas e bordados.

Aliás, uma camisa em xadrez com bordado é tudo de bom!

 

Garotas, este post surgiu só porque a viscolycra encolheu após ser lavada, mesmo eu tendo tido o cuidado de “descansar a malha” por quase três dias antes de fazer o corte e confeccionar minha calça pijama 🙂

Não sei o que acontece na tecelagem mas isso não é normal. Uma aluna me relatou ter acontecido com ela o mesmo fato.

Se alguém de uma tecelagem estiver lendo este post, por favor entre em contato comigo e me esclareça porque isso aconteceu e como me prevenir para que não aconteça novamente.

Se eu quero uma calça longa, terei que aumentar ao valor desejado uns 7 a 8 cm para que depois de lavar, eu tenha a calça no comprimento desejado. O mesmo valendo para saias, blusas, vestidos… E agora? Quem poderá me salvar?